UM ARTISTA PRECISA ESTAR SEMPRE PRONTO PARA RENOVAR SUA LINGUAGEM

Atualmente Jiddu Saldanha oferece oficinas de: Artes da Mímica e Teatro Físico, Contação de História, Direção Teatral, trabalhos com Cinema Digital além de shows, performances e espetáculos. CONSULTE-NOS www.jiddusaldanha.com.br

OBRIGADO POR ME PRESTIGIAR!

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

UM VÍDEO ESPECIAL - 1994


Em 1994, um show em Belo Horizonte.
A mímica clássica feita de maneira histórica como se fazia no século 19, com a presença de uma orquestra. Um sonho que só foi possível realizar em Belo Horizonte porque lá, sabemos, é a terra da música e da tão falada quietude dos mineiros.
Com toda a renda doada para a Santa Casa de Misericórdia, nada levei senão a herança e o calor da platéia mineira que encheu o teatro e também a única vez em que meu show foi assistido por um crítico que, no dia seguinte, escreveu um longo texto falando da mímica, da história desta arte e elogiando a minha performance de palco.
Hoje, 17 anos depois, resolvi divulgar uma cena que realizei naquela noite, um quadro chamado “Assim é a Vida” uma espécie de cavalo de batalha que apresento em todos os meus espetáculos.
Hoje, com as novas tecnologias e o acesso à internet, ficou mais fácil mostrar o que se faz. Agora, podemos dizer que não somos mais vítima do preconceito de uma mídia que se mostrou racista e classista mas perdeu a batalha, porque sempre vence a persistência e eu nunca desisti.
O show realizado em 1994 foi minha milésima apresentação e dediquei-o ao meu mestre Everton Ferre.

Veja aqui o filme com o quadro "Assim é a Vida"!





Uma Eterna Lembrança!


Foto de Christianne Rothier, 1996 - Segunda Mostra da A.R.T.B
Mímica - Animação do Corpo

Em 1995 um presente veio da (ARTB) Associação de Teatro de Bonecos do Rio de Janeiro, através da queridíssima Susanita Freyre, ela que, depois de ter lido um catálogo de mímicos feito artesanalmente por mim, ficou sabendo de minha paixão e interesse por reunir mímicos no Rio de Janeiro e, carinhosamente ofereceu aos mímicos a oportunidade para a realização de uma mostra que se chamou: Mímica – Animação do Corpo. Conseguimos, com isso, construir um momento raro de poesia e celebrar um encontro que há muito não acontecia no Brasil.
Em 1996 tivemos a segunda mostra, havia a possibilidade de um calendário mais permanente. O evento aconteceu na sequência de dois anos, o que pra nós, mímicos, não foi pouco, afinal a mais de duas décadas não se fazia reuniões como esta no Rio de Janeiro. Foi uma grande experiência e um momento inesquecível.
É difícil lembrar os nomes de todos os que estiveram lá, mas esta foto de Christianne Rothier grafou no espaço e no tempo um momento que ficará para sempre no coração de todos os artistas que amam esta arte.
As presenças de Aníbal Sa, Simone Pyll, Beth Zalchman e Toninho Lobo, Alvaro Assad, Márcio Machado, Josué Soares e Luiza Monteiro, além da presença de entusiastas e apreciadores de nossa arte corporal.