UM ARTISTA PRECISA ESTAR SEMPRE PRONTO PARA RENOVAR SUA LINGUAGEM

Atualmente Jiddu Saldanha oferece oficinas de: Artes da Mímica e Teatro Físico, Contação de História, Direção Teatral, trabalhos com Cinema Digital além de shows, performances e espetáculos. CONSULTE-NOS www.jiddusaldanha.com.br

OBRIGADO POR ME PRESTIGIAR!

sexta-feira, 3 de maio de 2013

II MOSTRA INTERNACIONAL DE MÍMICA

Mostra celebra os 30 anos de carreira de Miquéias Paz e traz mímicos de várias partes do Brasil e do mundo para apresentações no Teatro Funarte Plínio Marcos e no SESI Taguatinga.

ATENÇÃO: Esta matéria foi cedida pela Matéria Prima Produções, responsável pelo evento. 



Teatro Funarte Plínio Marcos e o SESI Taguatinga recebem, entre os dias 17 e 26 de maio, uma onda de espetáculos ensurdecedores. É a II Mostra Internacional de Mímica que traz ao Distrito Federal 14 espetáculos do gênero. Após o emocionante sucesso da I Mostra Internacional de Mímica realizada em 2012, quando milhares de pessoas se deliciaram com variadas formas de fazer mímica. A iniciativa busca investigar o desenvolvimento dos diversos modos de se expressar através da mímica.

Clássico? Contemporâneo? Erudito? Tradicional? Dramático? Cômico? Teatro? O que é exatamente essa linguagem? Mais uma vez, o intuito da organização da mostra é de ampliar o repertório e outras referências do público por meio da oferta de espetáculos do gênero. 

Miquéias Paz, curador da mostra, e que completa este ano 30 anos de carreira, explica que "a mímica teatral está hoje muito além do silêncio como seu pilar principal. A dramaturgia tem sido nossa parceira fundamental nas criações". Nesta mostra busca-se observar a tradição e as novas possibilidades que interferem nessa tradição, permitindo sua continuidade, buscando criar diálogo entre as diversas modalidades da mímica. "Alguns de nós a exemplo do fabuloso Jomi, que utilizou de sua surdez para produzir arte, desfila ternura sob as luzes da ribalta seguindo os passos do grande Marcel Marceau.

Mímicos paulistas, goianos, cariocas, baianos, brasilienses, colombianos, argentinos, franceses, alemães e espanhóis colocam na mesa, ou melhor nos palcos, variadas formas e inquietações da milenar e envolvente forma de atuação teatral.

AS ATRAÇÕES 
A novidade da edição deste ano é a presença de artistas europeus. A Cia. Punto Clown, da Espanha, e o mundialmente reconhecido Jomi - Josef Michael Kreutzer, da Alemanha, se apresentam na capital pela primeira vez.

Tanto Jomi quanto a Cia. Punto Clown trazem em seu repertório o estilo de mímica Pantomima, caracterizada pela figura de rosto pintado de branco e luvas, que comunica-se por meio de gestos ilustrativos desenhados no espaço.
  
De outros países da América Latina, teremos novamente o versátil Jader Clown, da Colômbia, que no ano passado envolveu e divertiu o público com suas desafiantes técnicas de mímicas e palhaçadas, e Daniel Quiroga, da Argentina.

Outras atrações que voltam à II Mostra Internacional de Mímica são: Jiddu Saldanha, do Rio de Janeiro, com sua maneira simples, direta e envolvente de fazer mímica, e Luis Louis, de São Paulo, com sua abordagem intensa das fronteiras da fala e do gesto. Goiânia é representada na série pela fabulosa companhia Teatro Ritual (que participou da primeira edição e volta com novo espetáculo) e pelo grupo Bastet estreante nesta segunda edição. 

Ainda de São Paulo, o evento traz este ano um dos mais respeitados mímicos brasileiros contemporâneos, Victor de Seixas, além de Albeto Gaus e Vanderli Santos da Cia Solar da Mímica. Outros artistas a se apresentarem serão Miquéias Paz, curador da mostra e primeiro mímico do Distrito Federal, que celebra seus 30 anos de atuação na área, e a Mimus - Companhia de Teatro, da Bahia.

Esse mosaico de artistas que compõem a II Mostra Internacional de Mímica expõe a riqueza dessa arte iniciada na rua. O público descobrirá que essa linguagem artística associada ao silêncio, é muito mais que isso, tendo evoluído mundialmente em sua diversas modalidades.

Espaço mimo - Outra novidade da segunda edição da Mostra Internacional de Mímica é o Espaço Mimo. É um espaço de convivência onde, público, criadores e interessados na arte da pantomima poderão trocar experiências com os artistas que compõem a mostra. Neste local haverá uma área de alimentação, DJs e diversas atividades para o público que poderá aguardar o início dos espetáculos em uma área pensada especialmente para agregar todos os participantes da mostra.

II Encontro Internacional de Mímicos - No dia 21 de maio, às 20h, no Espaço Mimo, a Mostra promove um encontro entre os mímicos participantes e estudantes de artes cênicas de instituições de ensino superior do Distrito Federal. O objetivo do encontro é discutir as perspectivas, a estética e os novos rumos da mímica contemporânea. Participam do encontro Miqueias Paz (DF), Jader Clown (Colômbia), A Mimus - Companhia de Teatro (BA), Jiddu Saldanha (RJ) e Victor de Seixas (SP). 

ATENÇÃO: Esta matéria foi cedida pela Matéria Prima Produções, responsável pelo evento. 


Copie e divulgue a programação completa.


VEJA O VÍDEO DA MOSTRA ANTERIOR - 2011



Nenhum comentário:

Postar um comentário